Busca no Blog

Carregando...

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Efeito de diferentes preparo de solo no crescimento das raízes de milho


A foto

Nesta foto podemos observar o crescimento das raízes de milho em função do efeito de diferentes preparo do solo. Esta fotografia foi obtida em 19 de maio de 2008 no Campo experimental da Caatinga na Embrapa Semi-Árido em Petrolina, PE.

O fato

Na região semi-árida do Nordeste a perda das lavouras em anos de irregularidades climáticas, ocorre em sua maior parte pelo manejo inadequado dos solos cultivados. Quando o manejo do solo é adequado, mesmo em anos de baixa precipitação os agricultores podem obter resultados significativos. Nesta região, as culturas tradicionais são o milho e o feijão, ambas bastante vulneráveis as irregularidades das chuvas. Com o preparo do solo mais apropriado a água das chuvas pode ser retida e mais distribuída em todo o perfil, contribuindo para o melhor desenvolvimento das raízes que resultará em plantas mais produtivas. Na Embrapa Semi-Árido, estamos desenvolvendo um projeto de pesquisa financiado pelo BNB-FUNDECI, cujo objetivo principal é conhecer os diferentes modos de preparo dos solos utilizados pelos agricultores e as consequências das chuvas no armazenamento de água no solo e a erosão provocada pelas chuvas nos diferentes tratamentos. Na fotografia acima, os tratamentos 2 e 3, apresentam os maiores volumes de raízes. O tratamento 2 consta de duas gradagens, onde se usa uma grande pesada que revolve o solo até 40 a 60 cm. No tratamento 3, é realizado apenas uma aração com grande normal revolvendo o solo até 30 a 40 cm. Nestes dois tratamentos, a maior renteção de água no solo e maior distribuição da umidade.

Nenhum comentário: