Busca no Blog

Carregando...

quarta-feira, 24 de março de 2010

Características de uma planta de imbuzeiro com 10 anos


A foto
Nesta foto podemos observar uma planta de imbuzeiro com 10 anos de crescimento em uma área de caatinga degradada. A fotografia foi obtida na Embrapa Semi-Árido, em 23 de agosto de 2007.

O fato
O imbuzeiro é uma das plantas da caatinga que apresenta o crescimento muito lento. De modo geral, um imbuzeiro adulto tem mais de 100 anos de crescimento. Normalmente, nas comunidades do interior da caatinga, as pessoas mais idosas afirmam que as plantas de imbuzeiro já estavam lá quando elas nasceram. Em uma pesquisa que já faz 10 anos, estamos acompanhando o crescimento de plantas de imbuzeiro da germinação até a fase adulta. Na foto acima, podemos ver um imbuzeiro com 10 anos de crescimento. No primeiro ano de avaliação, a altura e o diâmetro basal das 10 plantas avaliadas foram, em média, de 70,81 e 1,16 cm, respectivamente. A circunferência do caule ao nível do solo apresentou uma média de 2,88 cm. . A altura média da copa foi de 46,54 cm. O maior e o menor diâmetro da copa foram de 7,65 e 3,58 cm, respectivamente. As plantas apresentaram raízes horizontais e verticais com 43,41 e 32,81 cm, respectivamente. O maior e menor diâmetro das raízes foi de 1, 262 e 0, 011 cm. No décimo ano de avaliação, a altura e o diâmetro basal das 10 plantas avaliadas foram, em média, de 258,27 e 13,39 cm, respectivamente. A circunferência do caule ao nível do solo apresentou uma média de 35,26 cm. A altura média da copa foi de 256,89 cm. O maior e o menor diâmetro da copa foram de 527,51 e 458,12 cm, respectivamente. As plantas apresentaram raízes horizontais e verticais de 436,17 e 186,45 cm, respectivamente. O maior e menor diâmetro das raízes foi de 7,286 e 0,245 cm, respectivamente. O peso da matéria fresca dos galhos e folhas foi de 19,85 g/planta no primeiro ano e de 22.745,21 g/planta no décimo ano.  Observou-se um crescimento linear durante todo o período de avaliação. O peso de matéria fresca dos galhos e das folhas foi de 15,15 e 8,81 g/planta, respectivamente no primeiro ano de avaliação. Observa-se que houve um incremento significativo nos valores obtidos para peso da matéria fresca dos galhos e folhas a partir dos quatro anos de avaliação. Essa mesma tendência foi observada para o peso da matéria seca dos galhos.  Em relação à produção de xilopódios, pode observar que no décimo ano foram colhidos, em média, 112 xilopódios por planta.

Nenhum comentário: