Busca no Blog

Carregando...

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O gorgulho da semente do imbuzeiro




A foto

Nesta foto, podemos observar um gorgulho saindo de uma semente de imbu. A fotografia foi obtida na Estação Experimental da Caatinga na Embrapa Semiárido em Petrolina, PE em 20 de setembro de 2002.

O fato

Entre as sementes das fruteiras da caatinga, a do imbuzeiro é uma das mais atacadas por insetos. O ataque tem início ainda com o fruto muito pequeno, quando os insetos ovipositam. Com o desenvolvimento dos frutos as larvas crescem e quando os frutos caem ao chão maduros, elas penetram no embrião onde completam seu ciclo. Quando adultos, os insetos tipo gorgulhos perfuram a semente e voam.  Num trabalho de pesquisa com 17 plantas em fase de produção, foram coletados no mês de fevereiro, 392 frutos maduros por planta, dos quais as sementes foram retiradas e armazenadas em temperatura ambiente. No final da safra, que ocorreu no mês de abril, foram também coletadas aleatoriamente, 392 sementes por planta, provenientes de frutos caídos naturalmente no chão. Foi avaliada a porcentagem de sementes danificadas pelos insetos e a presença/ausência de larvas e/ou adultos na semente.  Constatou-se que as sementes provenientes dos frutos colhidos na planta e armazenados, não foram danificadas pelo inseto, não havendo, portanto problemas na germinação. Contudo, 93% das sementes oriundas dos frutos caídos no chão, apresentaram-se danificadas pelo inseto, tendo sua germinação comprometida. Nestas sementes foram encontradas, em média, 82 com larvas e 15 com adultos por planta. A espécie identificada como a causadora dos danos as sementes do imbuzeiro foi a Amblycerus  dispar (Sharp, 1885) (Kingsolver & Ribeiro-Costa, 1997). Este inseto pode ser uma das causas da baixa germinação das sementes do imbuzeiro em seu ambiente natural, prejudicando a dispersão desta espécie.

Nenhum comentário: