Busca no Blog

Carregando...

domingo, 9 de janeiro de 2011

A colheita de frutos do imbuzeiro no Sertão do Nordeste




A foto

Nesta fotografia podemos ver agricultores colhendo frutos do imbuzeiro. A fotografia foi obtida em 2 de fevereiro de 2010 na caatinga da comunidade de Lage Alta no município de Jaguarari, BA.

O fato

A colheita do imbuzeiro na região do Sertão da Bahia ocorre em um período médio de 60 a 96 dias. Nesse período os agricultores colhem os frutos in natura e vende para atravessadores que revendem nas capitais e grandes centros urbanos do interior do Nordeste. Há uma grande variabilidade na ocorrência da safra entre as diversas regiões do semiárido nordestino. Essa variação ocorre em função das diferenças geoambientais que predominam nas mais de 170 unidades de passagens do Nordeste. Um estudo realizado em 2007 com diversas plantas localizadas no semiárido da Bahia e Pernambuco demonstrou que a safra do imbuzeiro nesta região teve início na última semana do mês de janeiro (23-01-2007) e terminou no dia 4 de abril deste mesmo ano. A primeira colheita foi realizada no dia 23 de janeiro com 2.332 frutos maduros colhidos embaixo da planta. A segunda colheita ocorreu no dia 28 de janeiro com 3.663 frutos. Nos primeiros 20 dias de colheita foram realizadas 8 colheitas e obtidos 80,23 % da produção total de 22.052 frutos colhidos nenhuma planta. O restante da safra, equivalente a 19,77 % foi colhido até o dia 04 de abril de 2007 quando foram colhidos os últimos 3 frutos maduros caídos ao chão. No total foram realizadas 21 colheitas. A produção foi de 236,4 kg. Assim, os frutos colhidos pelos agricultores nos primeiros 20 dias no estádio de maturação “inchado” ou “de vez”, representam o período de maior movimentação na colheita do imbu. Após esse período a colheita fica bastante reduzida e os frutos obtidos são comercializados per um preço maior.

Nenhum comentário: