Busca no Blog

Carregando...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A importância da bomba para retirada da água da cisterna



A foto

Nesta fotografia, podemos observar a retirada de água da cisterna com uma bomba. A fotografia foi obtida no dia 17 de maio de 2004 na comunidade de Alto do Angico no município de Petrolina, PE.

O fato

No Sertão do Nordeste brasileiro as cisternas rurais tem sido uma solução muito boa com relação ao problema da água na região, contudo quando se analisa a questão da qualidade da água e as possíveis contaminações, a situação é um pouco preocupante, visto que a população assistida pelas cisternas em sua maioria não acreditam que possam contrair doenças com a água. Assim, há certo descuido com a higiene das cisternas e com os recipientes para retirada da água que podem levar a contaminação das águas nas cisternas. Em muitas residências a água não é clorada e não há filtros para evitar as sujeiras dos telhados. Embora a utilização do hipoclorito já esteja bastante disseminada, ainda há muitos focos de contaminação. Essa contaminação ocorre, geralmente pela sujidade dos telhados e pelo uso de baldes inadequado para retirada da água da cisterna.  Assim, a falta de cuidados com a higiene das mãos e utensílios usados no contato direto com a água e a não utilização do cloro, tornam a maior parte das águas das cisternas ausentes de potabilidade.  A principal fonte de contaminação são os coliformes fecais e Escherichia coli. A utilização de bombas pode ser uma das formas de reduzir a contaminação das águas das cisternas.

Nenhum comentário: