Busca no Blog

Carregando...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Os filhotes de sabiá laranjeira no ninho



A foto
Nesta fotografia podemos observar dois pequenos filhotes de sabiá laranjeira em um coqueiro. A fotografia foi obtida em 7 de março de 2003 no município de Petrolina, PE.

O fato
O sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) é uma das aves do canto mais bela do Brasil e considerada nossa ave símbolo. Normalmente o sabiá utiliza seu ninho para várias posturas por ano. Todavia, se houver algum problema, tais como, o ataque por cobras, gatos ou outros animais da caatinga, ela abandona o ninho. O sabiá normalmente faz seu ninho em plantas de tronco frondoso o que facilita a subida de animais como gatos, cobras. Esses animais muitas vezes consomem os ovos ou os filhotes do sabiá. O sabiá laranjeira é conhecido como sabiá peito-roxo, sabiá gongá, sabiá vermelha ou sabiá amarelo em varias regiões do Brasil. Os filhotes quando estão próximos a deixar o ninho faz muito barulho o que atrai animais predadores, principalmente os gatos. Quando o sabiá faz o ninho em plantas muito altas como o coqueiro, muitas vezes os filhos caem do ninho e morrem, por isso, talvez ela sempre escolha plantas como goiabeiras, laranjeiras e outras do mesmo porte. Seu ninho é muito bem feito e bastante seguro para os filhotes. A alimentação do sabiá é composta basicamente de insetos, larvas, minhocas e principalmente frutas das mais variadas. Para captura de minhocas, o sabiá fica a espreita em áreas bastante molhadas observando o movimento no solo e quando ver qualquer movimento escava o solo e captura a minhoca.

2 comentários:

MagHaasper disse...

Vc saberia me dizer pq a mãe sabiá abandona seu filhote recém nascido e ainda um ovo para eclodir?
Acabei de resgatar este filhote de 3 dias e um ovo ainda perfeito para cuidar até poder voar - se viver. A mãe agiu de forma estranha e sumiu coisa que não fez na última ninhada, aí resolvi ver o que aconteceu e achei o filhote e o ovo em perfeito estado, mas como haviam gatos rodando retirei-os do ninho e esperei a volta do pais, mas não voltaram.

Renata disse...

Encontrei seu blog quando estava procurando informação sobre o sabiá. Gostei, vc tem feito uma boa fonte de informação aqui, parabéns! Morei na Paraíba e no Ceará por 24 anos, já vi muitos lugares e coisas assim como tem nas suas fotos. Agora estou no Paraná há 12 anos. Que lugar diferente!

Postar um comentário