Busca no Blog

Carregando...

domingo, 2 de outubro de 2011

A cisterna calçadão no Sertão do Nordeste



A foto


Nesta fotografia, pode-se observar uma cisterna calçadão com o plantio de fruteiras. A fotografia foi obtida em 26 de janeiro de 2010 no Campo Experimental da Embrapa Semiárido no município de Petrolina, PE.


O fato


A cisterna calçadão é uma alternativa que os agricultores do Sertão do Nordeste têm para armazenar água de chuva e produzir alimentos. Esse modelo de cisterna tem como característica principal a captação da água de chuva em uma área cimentada chamada de calçadão construída de alvenaria com dimensões de 10 x 20 metros equivalente a 200 metros quadrados. Essa área pode captar um volume considerável de água para a cisterna que tem capacidade para 52 mil litros. Com essa água o agricultor pode cultivar até 36 fruteiras em uma área de 30 x 30 metros no espaçamento de 5 x 5 metros. A distribuição da água acumulada na cisterna é de 5 litros por planta na segunda, quarta e sexta-feira no período de janeiro a abril com um total de 7.560 mil litros. De maio a agosto a distribuição é de 7 litros por planta o que equivale a 13.608 litros. De setembro a dezembro a distribuição é de 14 litros por planta nas segundas, quartas e sexta-feira com um total de 30.240 litros. De modo geral são cultivadas fruteiras como, manga, limão, caju, acerola, mamão e pinha. Até o dia 30 de setembro de 2011, choveu 482,6 mm o que proporcionou a captação de 96.520 litros. Como o coeficiente de escoamento de áreas  alvenaria como o calçadão é de aproximadamente de 70%, foram armazenados 67.564 litros o que ultrapassou a capacidade da cisterna em 15.564 litros.

Nenhum comentário: