Busca no Blog

Carregando...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

A extinção do caititu no Sertão de Pernambuco


As fotos

Nestas fotografias podemos observar um caititu no cativeiro e outros na caatinga. As fotografias foram obtidas no município de Petrolina, PE.





 
Os fatos
A caatinga nordestina já foi repleta de animais silvestres, entre estes, o veado catingueiro, o caititu, o gato do mato, a onça pintada e muitos outros. Os caititus ou catetos (Tayassu tajacu) são porcos-do-mato que vivem nas áreas de caatinga nativa do Nordeste em grupos de 6 a 12 indivíduos. Em uma área de caatinga do município de Petrolina já foi observado um grupo com 22 caititus. Algumas vezes foi observada uma fêmea com dois filhotes. Na caatinga os caititus andam em trilhas e alimentam-se nas bordaduras. O caititu alimenta-se de frutos e das raízes das plantas da caatinga, principalmente do caroá e da maniçoba e da faveleira. Em um estudo sobre a alimentação destes animais, foi observado que no período chuvoso, o caititu da preferência aos frutos da época e à medida que a seca vai começando, os animais passam a consumir as raízes da maniçoba, da favela e do caroá. Embora estes animais sejam caçados em toda região para consumo da carne e venda da pele, ainda é possível encontrar áreas de caatinga nativa com bandos de caititus. Todavia, há uma pressão  enorme pela carne desses animais entre os habitantes da região e a cada dia surgem notícias de caititus eliminados. No município de Lagoa Grande, PE há grupos de caçadores que sistematicamente abatem esses animais nas poucas áreas de caatinga do Sertão.

Nenhum comentário: