Busca no Blog

Carregando...

sábado, 7 de abril de 2012

Há anos de muita chuva no Sertão de Pernambuco


As fotos

Nestas fotografias podemos observar água nos riachos da caatinga. As fotografias foram obtidas no  município de Petrolina, PE.

 



Os fatos


O Sertão de Pernambuco passa nesse momento por uma seca sem precedentes. As chuvas que ocorreram até esta data não foram suficientes para alterar o cenário que marca as duas estações predominantes na região que é a de chuva e a de seca. O que choveu até hoje, 7 de abril de 2012 foi somente 105,1 mm sendo distribuídos nos meses de fevereiro (84,5) e março (20,6). Essa anomalia não significa que o Sertão é sempre castigado pela falta de chuvas. Há anos de muita chuva em que os rios temporários, riachos e açudes transbordam. O ano de 2009 foi um desses anos de muita chuva na região Nordeste, como podemos observar na fotografia. Neste ano choveu um total de 878,6 mm sendo 90,5 mm no mês de janeiro, 257,1 mm no mês de fevereiro, 114,6 mm no mês de março, 123,7 mm no mês de abril, 48 mm no mês de maio, 19,3 mm no mês de junho. Nos meses de julho, agosto e setembro não houve chuvas, contudo em outubro de 2009 choveu 122 mm. Em novembro não choveu e no mês de dezembro choveu 103,4 mm, totalizando 878,6 mm. E esse total não foi o maior valor observado até agora. Já tivemos 1071,2 mm no ano de 1985 e mais recentemente, 819,4 mm no ano de 2004. Assim, acreditamos que o Sertão vai superar esta seca e outros anos de muita chuva virão.

Nenhum comentário: