Busca no Blog

Carregando...

domingo, 28 de outubro de 2012

A seca e a floração do imbuzeiro na caatinga


As fotos

Nestas fotografias podemos observar plantas de imbuzeiro com flores e frutos. As fotografias foram obtidas na caatinga do município de Petrolina, PE.





Os fatos

Embora a seca tenha afetado todas as plantas da caatinga este ano, visto que houve pouca chuva, o imbuzeiro ainda não alterou sua fenologia e está com bastante flores e frutos. Por outro lado, essa seca pode trazer reduções significativas na safra, pois, as pancadas de chuvas de setembro e outubro contribuem significativamente para a floração e a fecundação dos frutos do imbuzeiro e ainda não ocorreu nenhuma chuva nestes meses na caatinga. Existe uma crença popular que as chuvas de setembro e outubro são as chuvas da flor do imbuzeiro. Em anos de chuvas regulares, o imbuzeiro perde as folhas logo depois do inverno, e assim evita a transpiração e perda de água. Esse processo ocorre num período, médio de 43 dias, que corresponde ao início do verão, ficando as plantas em estado de dormência vegetativa, contudo seus os xilopódios estão cheios de reservas nutritivas o que garante a sobrevivência da planta e sua floração e frutificação. Na primeira quinzena de agosto a setembro, quando ocorrem as primeiras chuvas de verão, modificam-se a temperatura e a umidade relativa do ar, acelerando o metabolismo da planta com o aparecimento das primeiras flores e folhas. Este ano não houve não precipitação na região a mais de 280 dias e a fenologia do imbuzeiro continua aparentemente normal. Todavia, só após a safra de 2012-2013 é que poderemos avaliar mais precisamente os impactos dessa seca na fenologia reprodutiva do imbuzeiro.

4 comentários:

Francisco das Chagas disse...

Olá Nilton Cavalcanti....
Tenho uma muda de imbu que já tem um ano ela tá com 1,10cm, vou planta-la, queria saber de você como adubar o local e saber também se posso deixa-la crescer sem cortar o''olho'' ou devo cortar pra que ela possa começar a criar galhos??? Desde já obrigado e parabéns pelo blog.

Francisco das Chagas disse...

Olá Nilton... Queria saber de você como devo adubar para plantar uma muda de imbu??/

Nilton de Brito Cavalcanti disse...

Prezado Francisco das Chagas, inicialmente peço-lhe desculpas pela demora em atender sua mensagem. Para que sua muda de imbuzeiro se desenvolva normalmente, o ideal é que o senhor abra uma cova com aproximadamente 40 cm de largura e profundidade e misture o solo com 10 kg de esterco de caprino ou bovino. Se o senhor tiver adubo mineral, pode adicionar até 450 g de qualquer fórmula NPK. Misture com o solo e o esterco e plante a muda sem retirar o solo das raízes. O ideal é que o plantio seja realizado no período de chuvas. Não há necessidade de poda no imbuzeiro nos primeiros 3 anos, após esse período o senhor pode iniciar uma poda de condução. Não esqueça de construir uma bacia com diâmetro de aproximadamente 2 metros para que a planta aproveite toda água da chuva.

Francisco das Chagas disse...

Obrigado Nilton, só mais uma pergunta: Posso substituir o esterco pelo paú ou acrescentar o paú na mistura? Obrigado!