Busca no Blog

Carregando...

domingo, 11 de novembro de 2012

As primeiras chuvas de verão no Sertão de Pernambuco


As fotos

Nestas fotografias podemos observar a ocorrência de uma chuva na caatinga e açudes sem água e com as primeiras águas das chuvas de novembro de 2012. As fotografias foram obtidas nas comunidades de Barreiro e Sítio Pereiro no Distrito de Pau Ferro no município de Petrolina, PE.







Os fatos

Se levarmos em conta os dias sem chuvas no Sertão de Pernambuco este ano, já temos mais de 299 dias em que não foi registrada nenhuma precipitação.  Nos 17 dias que choveu, foram registrados 145,5 mm, sendo que no mês de janeiro não houve nenhuma precipitação. Em fevereiro ocorreram 5 chuvas com um total de 84,4 mm. Em março só choveu dois dias no total de 19,2 mm. Em abril não foi registrada nenhuma chuva na região. No mês de maio foi registrada uma chuva de 26 mm. Em junho foram 3,9 mm em três chuvas. No mês de julho foram registrados 1,3 mm em duas chuvas. Em agosto choveu um total de 2,3 mm em duas chuvas. No mês de setembro choveu somente 0,2 mm. Por outro lado, nos 31 dias de outubro nenhuma chuva foi registrada na região. No mês de novembro choveu 8,2 mm no dia 5. Todavia, a seca que vem ocorrendo na região semiárida do Nordeste desde o início do ano começou a perder força com as primeiras ocorrências de chuvas isoladas no Sertão no início de novembro. As chuvas que cairão entre os dias 1 e 5 de novembro apresentaram uma distribuição bastante irregular. Embora em algumas comunidades essas chuvas foram suficientes para mudar o cenário de seca como é o caso das comunidades de Barreiro e Sítio Pereiro no Distrito de Pau Ferro no município de Petrolina, onde as precipitações dos dias 5 a 7 de novembro passaram dos 50 mm. Nessas comunidades muita água foi acumulada nos barreiros, estradas e nas baixadas. A vegetação da caatinga nas comunidades já começou a se desenvolver e ser consumida pelos animais. A água acumulada é suficiente para atender as necessidades dos animais nos próximos 60 dias. Muitos agricultores já estão preparando as roças para o plantio acreditando que no mês de dezembro pode chover na região. 

Nenhum comentário: