Busca no Blog

Carregando...

domingo, 3 de novembro de 2013

Não ocorreu trovoadas no Sertão de Pernambuco no mês de outubro de 2013

As fotos

Nestas fotografias podemos observar aspectos da seca no Sertão do Nordeste. As fotografias foram obtidas no município de Petrolina, PE.









Os fatos


No município de Petrolina, PE até o momento choveu um total de 163,2 mm, do início de janeiro até hoje (03/11/13). São 288 dias sem qualquer chuva. No mês de janeiro choveu 92,5 mm, em quatro eventos de chuva e 27 dias deste mês não foi registrada nenhuma chuva na região. Embora esse volume tenha sido significativo, pouco ou quase nada mudou no cenário da seca, visto que, nos meses seguintes pouca chuva foi registrada. No mês de fevereiro não foi registrada nenhuma precipitação. Esse fato chama a atenção, pois, o mês de fevereiro é um dos mais chuvosos na região. Assim, foram 28 dias de fevereiro sem chuvas. No mês de março ocorreu uma precipitação de 23,9 mm em um único dia e os 30 dias restante do mês não choveu. No mês de abril foram 3 dias de chuvas com 27 dias sem qualquer precipitação. Neste mês choveu somente 5,8 mm, em 3 eventos de chuvas. No mês de maio, novamente foram registrados 3 eventos de chuvas com um total de 13,4 mm e 28 dias sem chuvas. Nos meses de junho e julho choveu 9,6 e 12,9 mm, respectivamente, em 4 eventos de chuvas. Todavia, nesses meses foram 57 dias sem chuvas.  Essas ocorrências foram inusitadas, visto que nesses meses não se espera chuvas no Sertão. No mês de agosto choveu apenas 2,5 mm. Neste mês foram 30 dias sem qualquer precipitação. No mês de setembro, ocorreu uma precipitação de 1 mm e 29 dias sem chuvas. Com a chegada de outubro, o sertanejo esperava a ocorrência das trovoadas, marca característica deste período, porém, para o desanimo de todos os nordestinos, a chuva que ocorreu em outubro foi um chuvisco de 1,6 mm, nada de trovoadas. Foram 29 dias sem qualquer chuva em outubro. Estamos na primeira semana de novembro e a esperança não é boa. Assim, estamos próximo de superar a barreira dos 345 dias sem chuvas de 2012.


Um comentário:

Antonio Cícero da Silva(Águia) disse...

Quando chove, nos chega grande alegria...