Busca no Blog

Carregando...

domingo, 16 de fevereiro de 2014

O caititu consumindo frutos do imbuzeiro na caatinga

As fotos

Nestas fotografias podemos observar alguns caititus consumindo frutos do imbuzeiro na caatinga.  As fotografias foram obtidas no período diurno e noturno em uma área de caatinga do município de Petrolina, PE.






Os fatos


O caititu (Tayassu tajacu) que é encontrado na caatinga do Nordeste é uma das três espécies de pecaris existentes no Brasil. São semelhantes aos porcos domésticos, por isso são também chamados de porcos do mato. A principal diferença dos porcos verdadeiros são seus caninos pequenos. Quando estão ameaçados, batem os dentes como mecanismo de defesa fazendo um grande barulho. O caititu das caatingas do Nordeste se alimenta, principalmente de raízes, tubérculos e sementes. Nos períodos de seca severa nessa região a falta de frutas nativas, leva os animais a consumirem raízes de plantas, tais como, a raiz da maniçoba, da faveleira, e do caroá, etc. Em um trabalho de pesquisa para identificação das fontes de alimentos de um bando de caititus em uma área de caatinga nativa no município de Petrolina, PE, foi identificado que na época da safra do imbuzeiro, os frutos são a base da cadeia alimentar desses animais. Os resultados preliminares demonstraram que no período de janeiro a abril quando ocorrem chuvas na, a base da dieta dos caititus são os frutos do imbuzeiro caídos ao chão e as raízes da maniçoba. No período de maio a agosto, as raízes da faveleira e do caroá são as mais consumidas pelos caititus. De agosto a dezembro, a raiz do caroá é a principal fonte de alimentação dos caititus. Em cada período de avaliação são coletadas fezes dos animais para análise dos restos das partes das plantas consumidas. Embora este ano em função da seca, a safra do imbuzeiro está bastante irregular, ainda há frutos para os animais. O período de consumo é preferencialmente à noite para fugir dos caçadores. 

Nenhum comentário: