Busca no Blog

Carregando...

domingo, 20 de julho de 2014

A visão noturna dos animais da caatinga

As fotos

Nestas fotografias podemos observar alguns animais da caatinga que buscam na noite uma alternativa para procura de alimentos, fugindo da perseguição dos caçadores. As fotografias foram obtidas na caatinga do município de Petrolina, PE.

Os fatos


 A tempos era muito fácil observar um veado catingueiro (Mazama gouazoupira) durante o dia. Todavia, a caça indiscriminada tem sido responsável pelo desaparecimento deste animal em algumas áreas de caatinga do Nordeste. Para fugir dos caçadores o veado catingueiro busca alimentos e água a noite.
Veado na caatinga à noite

 A raposa (Dusicyon thous) é outro animal que dificilmente é observado no período diurno. Normalmente quando se ver uma raposa durante o dia, fala-se que é uma raposa doida. Já  durante a noite, as raposas são observadas facilmente na caatinga.

Raposas na caatinga à noite

O caititu ou cateto (Tayassu tajacu) é um porco-do-mato que vivem nas áreas de caatinga nativa do Nordeste, que se alimenta regularmente durante o dia, porém em função da presença de caçadores em seus habitats, esses animais estão cada vez mais optando pelo período noturno para procurar alimentos.
Caititus na caatinga à noite


O guaxinim (Procyon cancrivous) é um dos animais mais difícil de ser observado durante o dia, porém, à noite o guaxinim é observado facilmente na proximidade de lagoas ou de áreas com plantios de fruteiras, onde eles buscam alimentos. Esses animais têm sido vítimas constantemente de atropelamento nas estradas e rodovias que cortam a caatinga.

O guaxinim na noite da caatinga

O tatu-peba  (Euphractus sexcinctus) é um animal de hábitos noturnos. Contudo, os caçadores saem à noite com cachorros para caçar o tatu. Isso tem levado ao fato de que hoje é mais fácil encontrar um tatu-peba durante o dia do que a noite.
O tatu-peba na noite da caatinga

A coruja buraqueira (Athene cunicularia)  tem sua presença marcada nas noites nordestinas, contudo, geralmente ela pode ser vista durante o dia próxima ao ninho. Talvez, a coruja seja uma das aves da caatinga que ainda não é perseguida pelos caçadores.
Corujas buraqueiras bebendo água à noite


Um pequeno animal de hábitos diurno que hoje só é visto a noite é a pequena cotia da caatinga (Dasyprocta aguti). Esse animal tem sido caçado severamente e encontra-se em risco de extinção em muitas áreas da caatinga nordestina.
A cotia na noite da caatinga

Outro animal de hábito noturno que raramente é observado durante o dia é o pequeno gato do mato (Leopardus Tigrinus). Esse animal, semelhante ao guaxinim é encontrado morto às margens das rodovias que cortam a região da caatinga. Os caçadores matam o gato do mato para vender sua bela pele.
O pequeno gato do mato na noite da caatinga

Nenhum comentário: