Busca no Blog

Carregando...

quarta-feira, 15 de julho de 2015

A floração do sete-cacas na caatinga


As fotos

Nestas fotografias podemos observar a floração do sete-cascas na caatinga. As fotografias foram obtidas no município de Petrolina, PE.








Os fatos


Até o momento, já choveu um total de 253 mm no Sertão do São Francisco. Esse volume não é suficiente para repor a falta de chuva dos anos anteriores, todavia, tem contribuído para melhoria das condições da fauna e flora da caatinga. Do dia 1 de janeiro até hoje, ocorreram 21 dias com chuvas e 175 sem qualquer precipitação. Na  caatinga a maioria das plantas já iniciaram a queda das folhas. Todavia, basta ocorrer uma chuvinha qualquer que a paisagem muda de aspecto. Logo após as primeiras chuvas no sertão nordestino, pode-se observar os locais onde a chuva caiu pelo surgimento da floração do sete-cascas (Tabebuia spongiosa). A espécie sete-cascas, pertencente à família Leguminosae Mimosoideae, podendo atingir de 6 a 10 m de altura na caatinga. É uma espécie secundária com crescimento rápido. Esta planta é de uma beleza ímpar. Suas flores amarelas mudam o cenário de seca para uma paisagem de alegria e beleza. As flores são visitadas por abelhas e pássaros que contribuem para sua polinização. Embora existam outras variedades de ipês de flores amarelas, o sete-cascas só é encontrada nas caatingas sertanejas. Normalmente essa espécie floresce nos meses de outubro a dezembro, quando da ocorrência das trovoadas (as primeiras chuvas no Sertão). As flores que são vistas nestas fotografias surgiram depois da ocorrência de uma chuva no dia 6 de julho num total de 16,1 mm.

Nenhum comentário: