Busca no Blog

Carregando...

sábado, 31 de outubro de 2015

A busca de água para consumo pelos animais silvestres da caatinga

As fotos

Nestas fotografias podemos observar animais silvestres da caatinga em busca de água para consumo. As fotografias foram obtidas no município de Petrolina, PE.














Os fatos


A seca de 2015 tem sido muito severa para a fauna e flora da caatinga. A falta de chuvas, e consequentemente, de água e umidade no solo da caatinga, tem alterado gravemente este bioma. A vegetação cada dia sofre com a falta de chuvas e muitas plantas vêm morrendo sucessivamente, provocando alterações significativas nas paisagens. Os animais em busca de água para consumo saem de seus habitats para locais que são presas fácies para os caçadores.   As chuvas que caíram até o momento no Sertão de Pernambuco, foram de 255 mm. Esse volume representa metade da média histórica da região que é de, aproximadamente 525 mm. Do dia 1 de janeiro até hoje, 31 de outubro, ocorreram somente 22 dias com chuvas e 272 dias sem qualquer precipitação. No mês de janeiro choveu 3 dias e 28 dias sem chuva; no mês de fevereiro choveu 2 dias e 26 dias sem chuvas; no mês de março choveu 4 dias e 27 dias sem chuvas. Levando-se em consideração que os meses de fevereiro e março são os mais chuvosos na região, podemos afirmar que essas chuvas não foram significativas. No mês de abril choveu 6 dias e 24 sem chuvas; no mês de maio choveu 4 dias e 27 sem chuvas; no mês de junho não foi registrada nenhuma precipitação na região; no mês de julho choveu 2 dias e 29 sem chuvas; no mês de agosto choveu 0,5 mm em um dia e 30 dias sem chuvas e para piorar, no mês de setembro foram 30 dias sem chuvas. No mês de outubro foram 31 dias sem chuvas. Assim, totalizamos 272 dias sem qualquer precipitação. Principalmente, os meses de agosto, setembro e outubro, quando as temperaturas têm sido bastante elevadas. A fauna e flora da caatinga até então tinha sido considerada adaptada às irregularidades climáticas da região, todavia, uma nova história começa a ser escrita para esse bioma. 

Um comentário:

Stenomicra disse...

Adoro esse blog! Obrigada por postar!