Busca no Blog

Carregando...

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

O jacu e a seca no Sertão do Nordeste

As fotos

Nestas fotografias podemos observar alguns jacus na caatinga. As fotografias foram obtidas no município de Petrolina, PE. 














Os fatos



O jacu é uma das mais belas aves da caatinga nordestina, contudo sua caça predatória tem contribuído para que essa espécie encontre-se em risco de extinção, principalmente, no Sertão de Pernambuco. Com a seca que ocorreu na região, o jacu inicia suas migrações para áreas da caatinga com fontes de água e alimento. Embora seja uma das aves mais arisca, nessa fase migratória o jacu torna-se presa fácil para os caçadores.  O jacu é uma das maiores espécies de aves da caatinga. Em habitats tradicionais os jacus são vistos encima das árvores, más na caatinga como as plantas são pequenas em comparação com as grandes florestas, o jacu é visto sempre no chão. No período de seca o jacu alimenta-se basicamente das sementes caídas ao solo e pequenos insetos escondidos entres as folhas secas. Normalmente o jacu procura água para beber uma vez por dia. Assim, como as fontes de água na caatinga no período de seca são poucas e disputadas por outros animais, o jacu é sempre vítima de caçadores que aguardam os animais nas fontes de água. 

Nenhum comentário: