Busca no Blog

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Crescimento do imbuzeiro aos 19 anos



As fotos

Nestas fotografias podemos observar uma planta de imbuzeiro aos 19 anos de crescimento. As fotografias foram obtidas no Campo Experimental da Embrapa Semiárido, Petrolina, PE em abril de 2017.







Os fatos
Na região semiárida do Nordeste brasileiro a agricultura convive com uma série de adversidades, tendo na escassez dos recursos hídricos, sua principal restrição. Por outro lado, fatores de natureza, física, biológica e socioeconômica tem contribuído para que a produção agrícola não atinja os objetivos desejados. Todavia, algumas plantas nativas da caatinga, de modo especial, o imbuzeiro ou umbuzeiro (Spondias tuberosa Arruda.) tem adaptando-se as intempéries climáticas que assolam a região e apresentado boa produção, possibilitando  o extrativismo do seu fruto pelos pequenos agricultores. Na época da safra do imbuzeiro, os agricultores promovem a colheita dos frutos e os vendem para consumo “in natura” ou em forma de doces e geleias. Embora essa planta tenha grande importância para região, poucos estudos têm sido realizados procurando conhecer melhor os aspectos do seu crescimento. Com o objetivo de conhecer melhor o crescimento de plantas de imbuzeiro nas condições naturais da caatinga, vem sendo realizado um estudo nos últimos 19 anos. Os resultados obtidos aos 19 anos de crescimento de uma planta de imbuzeiro são os seguintes:  altura média da planta de 3,0 m; diâmetro basal do caule ao nível do solo foi de 20,43 cm e circunferência do caule ao nível do solo foi de 46,0 cm. A altura média da copa foi de 2,93 m. O maior e o menor diâmetro da copa foram de 11,21 e 8,89 m, respectivamente. As raízes horizontais e verticais mediram, em média, 12,34 e 2,34 m, respectivamente.  O maior diâmetro das raízes foi de 12,38 cm. As plantas apresentaram, em média, 29 raízes principais. O peso médio das folhas verde foi de 38,49 kg. Os galhos pesaram, em média, 182,34 kg, com volume de 161,3 cm3. O peso verde das raízes foi de 44,93 kg e  volume de 34,5 cm3. Foram encontrados, 1.711 xilopódios por planta. O peso médio dos xilopódios por planta foi de 441,21 kg. O maior xilopódio apresentava um comprimento de 49,17 cm e diâmetro de 26,89 cm. O xilopódio mais pesado foi de 5,76 kg e o de menor peso foi de 1,16 g. Com 19 anos de crescimento foram colhidos, em média, 3.294 frutos por planta. O peso médio dos frutos  de foi de 17,46 g e o peso  total de  38,12 kg.

Nenhum comentário: