Busca no Blog

Carregando...

terça-feira, 3 de abril de 2007

O cancão e a semente do imbu

A foto
Nesta foto temos um canção (Cyanocorax cyanopogon) quebrando a casca de uma semente de imbu para retirada do embrião. Para obtenção desta fotografia foram selecionadas algumas plantas onde os pássaros estavam consumindo sementes do imbuzeiro. Em cada planta foi colocado um posto de observação no período de 07h30min as 16h00min.


O fato

O canção é um pássaro de grande ocorrência na região semi-árida do Nordeste. Esta ave, tem como principal hábito alimentar, larvas, ovos de outros pássaros e pequenos répteis. Contudo, no semi-árido, o canção alimenta-se dos frutos de diversas plantas da caatinga, tais como, da faveleira, do imbuzeiro, da imburana, etc. No período de agosto a setembro, quando o imbuzeiro inicia a frutificação, o canção alimenta-se dos pequenos frutos com 3 a 15 dias após a fecundação. Neste período um pássaro é capaz de consumir até 26 frutos por m² de copa do imbuzeiro. Como esses pássaros andam em grupos de 3 a 6 aves, os danos causados a frutificação é considerável. No final da safra do imbuzeiro, quando os frutos caem ao chão, os pássaros quebram a casca da semente do imbuzeiro e consomem o embrião, inutilizado as sementes. Neste processo, os pássaros em grupos, juntam uma quantidade de sementes ao lado de uma pedra ou pedaço de galhos secos e usam o bico para bater com as sementes nestes obstáculos e retirar o embrião das sementes. Um canção chega a consumir o embrião de até 46 sementes por dia, causando danos consideráveis ao processo de dispersão desta planta.

Nenhum comentário: