Busca no Blog

Carregando...

sábado, 21 de maio de 2011

O ataque das joaninhas a cochonilha no mandacaru


A foto

Nesta foto, podemos observar joaninhas atacando cochonilhas-de-escamas em cactos. A fotografia foi obtida no dia 27 de junho de 2007 na caatinga de Petrolina, PE.

O fato

A Cochonilhas-de-escama (Diaspis echinocacti) – é um pequeno inseto conhecido como piolho ou cochonilha da palma que infesta as raquetes com suas colônias protegidas por escamas de coloração marrom clara ou areia, modificando completamente o aspecto da palma. Esse inseto ataca dos os tipos de cactos, principalmente o mandacaru, causando a morte de muitas plantas na caatinga. Essa praga tem sido intensamente combatida pelos agricultores na palma forrageira, principalmente pelo uso de óleo mineral, contudo sua infestação ainda é uma calamidade na região. Embora a preocupação atual seja em preservar as plantações de palma para alimentação dos animais no Sertão, a cochonilha-de-escama está destruindo outras cactáceas, a exemplo do mandacaru. Entre os  métodos utilizados para combater a cochonilha, o controle biológico, onde são usados os inimigos naturais como predadores, no caso as joaninhas, e alguns parasitóides como as vespinhas, não tem apresentado resultados significativos, visto que a infestação da cochonilha é bem mais intensa que a ação dos parasitas. Na fotografia podemos ver algumas joaninhas atacando as cochonilhas, contudo, a quantidade de cochonilhas é muito elevada para as joaninhas. As joaninhas são insetos predadores da família Coccinellidae da ordem Coleoptera.

Um comentário:

silvana simm disse...

olá, gostei do poster.. estou com esse problema nos meus cactos domésticos, me diga como usar o óleo mineral, por que já usei ele diluído com água e não adiantou.