Busca no Blog

Carregando...

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Operação carro-pipa no Sertão do Nordeste




As fotos

Nestas fotografias podemos observar carros-pipa abastecendo cisternas. As fotografias foram obtidas  nas Comunidade de Atalho, Comunidade de Caldeirão e na Comunidade de Barreiros no município de Petrolina, PE.






O fato

O ano de 2012 está sendo um dos mais severos em termos de seca para a região Nordeste do Brasil. No município de Petrolina, PE, choveu até o momento um total de 135 mm.  Se comparado ao ano de 2011 no qual choveu um total de 590 mm, esse volume é muito pouco. Essa irregularidade é uma das mais acentuada dos últimos 30 anos. Em vários estados muitos municípios já decretaram situação de emergência pela seca que vem ocorrendo no período que deveria ser chuvoso. Para atender parte da população que depende da água de chuva armazenada nas cisternas, a operação carro-pipa coordenada pelos governos federal, estaduais e municipais vem realizando um grande esforço no sentido de abastecer todas as cisternas da região. Uma das dificuldades encontrada é a falta de carros-pipa para abastecer as mais de 499.211 cisternas já construídas pelo programa P1MC (Um milhão de cisternas) financiadas pelo MDS. Como cada cisterna tem capacidade para 16 mil litros de água, necessita-se de 2 carros-pipa para cada uma e o número de pipas não é suficiente para atender toda demanda por água no Sertão. Na primeira fotografia podemos ver um carro-pipa contratado pela Prefeitura municipal de Petrolina, PE abastecendo a cisterna da residência da senhora Maria Eva da Silva na Comunidade de Atalho. A água é proveniente do canal de irrigação do Pontal localizado a 38 km da comunidade. Segundo dona Maria, este ano ela já recebeu 3 carros-pipa. Embora a água não seja tratada, os agentes de saúde da comunidade distribuem hipoclorito de sódio para os agricultores colocarem uma gota por litro antes de consumir a água.

Nenhum comentário: